sábado, 14 de dezembro de 2013

A ROUPA QUE VOCÊ VESTE DIZ QUEM VOCÊ É OU A QUAL CLASSE SOCIAL VOCÊ GOSTARIA DE PERTENCER?


Uma amiga, certa vez, veio me pedir um conselho. - Não sei com que roupa sair no sábado à noite. Perguntei, tentando entender - Mas qual é exatamente a dúvida? A resposta foi - Não sei como me vestir, é balada de playboy.  Na minha cabeça, a primeira tradução (meu cérebro traduz tudo que ouve, bem irritante) saiu “Não sei como me fantasiar, é lugar de gente rica”.

Para mim, não faz muito sentido que o nosso estilo pessoal seja radicalmente mudado de acordo com a classe social da média dos frequentadores de um evento, o que não é o mesmo que se vestir de acordo com uma determinada ocasião. Tendo um estilo que respeite quem você é e a mensagem que você quer passar, você vai saber o que vestir em situações formais ou não, eventos diurnos e noturnos, e assim por diante.

Meu conselho, naquela ocasião, foi: - Veste o que você veste sempre, que te faz sentir bem, você mesma. Eu sabia que não tinha nada de errado com o estilo de sempre dela e eu temia que ela fosse correndo comprar um vestido super curto, um sapato super alto, a carteira da marca da moda. Eu tenho a impressão que esse é o uniforme das meninas que frequentam casas noturnas com um alto valor de ingresso.
Primeiro resultado da busca 'Uniforme para balada'


Esse episódio me fez pensar em quanto as pessoas estão preocupadas em convencer as outras de que pertencem a um certo grupo e que, geralmente, quando essa preocupação existe é porque elas não pertencem e, por isso, o esforço. Isso fica muito claro para mim ao ver alguns produtos, sem motivo aparente, serem consumidos como se fossem os únicos de sua classe. Quando eu digo ‘sem motivo aparente’ eu quero dizer que eles ou não são bonitos o suficiente para justificar o frisson e/ou vestem mal seus donos.

Quem ainda não se cansou dos relógios e bolsas Michael Kors, sapatilhas Terry Burch, calças Diesel, camisas Equipment, Crocs, UGGs, etc.? Isso só para falar dos “originais”, numa faixa classe média, porque a partir deles surgem as cópias (vide tênis com salto interno e saias mullet que, agora, todo mundo está amando odiar), o que torna o fenômeno todo ainda mais maluco. Mas não incompreensível.


O que todos estes produtos têm em comum? Na minha opinião, o preço mais alto do que seria razoável aliado à facilidade de serem reconhecidos e, portanto, de transmitir o sinal desejado, ainda que inconscientemente. Que sinal? “Eu tenho dinheiro e sou bem informado o suficiente para ter ISTO.” Daí surgem os absurdos que se vê nas semanas de moda. Depois da logomania, que surgiu na década de 80 e foi revisitada há alguns anos, agora é a vez de competir não por qual marca tem o logo que ocupa a maior porcentagem de uma peça, mas qual marca faz o objeto feio mais vendável. 

Eu não vejo nada de errado no fato de a indústria usar essa estratégia, esse é o papel de quem tem como objetivo vender mais que seu concorrente. Mas enquanto ela dá certo, é um sinal de que nós não nos importamos de estar uniformizados e, ainda por cima, feios. É um sinal de que estamos vestidos não de nós mesmos, mas como “deveríamos” estar para sermos aceitos, de que estamos dando mais valor ao que se tem do que ao que se é.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

HÈRMES NA SAATCHI GALLERY


A poderosa marca francesa colocou seus artesãos numa galeria para mostrar com quanta maestria e capricho se faz um produto de luxo. Eu fui conferir e devo dizer que, se já achava que um lenço de seda da Hèrmes poderia ser uma boa aquisição, saí de lá com a impressão de que 1) ele nem é tão caro quanto parece; 2) vai fazer um milhão de combinações de cores bem lá em Lyon e 3) vou investir em um assim que possível (só vai ser difícil escolher).

A parte mais impressionante, que também é a principal atração da mostra, é a impressão na seda que transforma um pedaço de tecido em desejo incontrolável, em processo que beira a mágica, pelo menos para quem, como eu, tem loucura por tecidos e trabalhos manuais.



Antes de mostrar o vídeo, quero dizer que fiquei surpresa em descobrir que a fazenda que produz os casulos do bicho da seda se localiza no Brasil. O artesão responsável pela apresentação contou que depois de terem a China como fornecedora por muitos anos, mas com constante irregularidade no padrão de qualidade. Ele atribui o alto padrão de qualidade da seda produzida no nosso país à grande área disponível para produção (os bichinhos se alimentam de árvores) aliada ao know-how dos imigrantes japoneses.

Essa estampa do vídeo se chama Godspell e é uma das mais simples da marca, com "apenas" 14 cores. A estampa mais complexa atualmente é a figura de uma índia, que utiliza 46 cores dos mais de 300.000 tons desenvolvidos pela Hèrmes. Os lenços, que medem 90 x 90 cm, consomem 300 casulos de seda cada, ou 4.500 metros do fio produzido pelos bichos da seda.




segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

::PUBLI:: PARA OS MEDROSOS, INDECISOS E ESQUECIDOS

Dar presente é muito gostoso, mas antes da feliz hora da entrega é preciso passar pelo (geralmente) tortuoso processo da compra. Até para os mais generosos, que nem estão preocupados com quanto dinheiro vão ter que desembolsar, a escolha pode ser ingrata. Começando pelo trânsito caótico e passando pelo excesso de pessoas nas lojas, se você se lembrar do calor que passou da última vez que tentava estacionar o carro sem sucesso num shopping center em dezembro, tudo dá vontade de chorar e desistir.
Felizmente, é dezembro!, mas de 2013, e isso significa que você pode fazer compras online:)

Se você se identificou com algum dos tipos citados no título, tem uma notícia melhor ainda: tem Vale Presente na Atri. Não precisa ter medo de errar, quebrar a cabeça tentando decidir, nem se preocupar em ter esquecido de algum dos tios e primos. É fácil e prático e ainda te dá tempo de passar mais tempo fazendo almoços de fim de ano do que na fila do caixa.
Para não parecer que você não quis se dar o trabalho, uma ideia é dedicar um pouco mais de tempo escrevendo um cartão com carinho, aproveitando a chance de desejar coisas boas, ou ainda complementar o presente com alguma coisa mais simples, mas que deixa claro que você conhece e se importa com o presenteado!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

RECORTES INUSITADOS



O clima quente do verão convida ao uso de roupas mais frescas e coloridas. Buscar maneiras menos óbvias de mostrar um pouco mais de pele é um jeito esperto para não parecer vulgar e conseguir atravessar os dias de temperatura alta com elegância.




Recortes estratégicos nas costas, nos ombros e até nos sapatos, apareceram nas passarelas apontando tendência. Aliados a materiais naturais e de qualidade, garantem conforto e um look interessante. Aposte!




domingo, 17 de novembro de 2013

:: LOOKS :: ERIN WASSON

Eu tenho alguns ícones de estilo preferidos. Não basta ser a garota mais bem vestida das últimas 3 temporadas, se ficar evidente que tem um personal stylist por trás, e poucas mulheres tem esse senso de estilo inato. A modelo/estilista (e stylist do amigo Alexander Wang) Erin Wasson é dessas que eu paro pra olhar, sempre que surge uma foto nova rede. Tão bonita quanto Gisele Bundchen e cool quanto Kate Moss, Erin é aquele tipo de mulher que, como poucas, consegue se manter fiel a um estilo completamente seu seja qual for a ocasião.

Ninguém veste melhor um jeans rasgado com uma camiseta podrinha, e os acessórios étnicos que sempre têm um toque indígena americano, mas mesmo que for a um evento com dress code mais careta e formal, Erin ainda tem um toque próprio que não faz parecer que ela está fantasiada ou se vestiu para a festa errada. Isso é um dom! Os cabelos ondulados com as pontas mais claras são uma marca registrada e ela passa pelos modismos sem parecer uma vítima simplesmente porque tem aquela segurança de quem sabe quem é e que mensagem quer passar através da roupa. E é essa segurança o que todas as mulheres deviam buscar, porque o corpo, só nascendo de novo...











terça-feira, 12 de novembro de 2013

VOCÊ CONHECE A KITSCH KITCHEN?





Eu já tinha entrado em alguma loja deles, em algum outro país, mas não vou me lembrar nem quando nem onde. Então, é melhor eu falar sobre o que eu me lembro. A Kitsch Kitchen é uma loja de artigos de decoração, que como o próprio nome já entrega, é totalmente kitsch, tem um visual completamente mexicano, cores, cores e mais cores.

Eles vendem desde utilidades domésticas, até brinquedos, bolsas e aqueles tecidos plastificados de colocar na mesa, que poderiam facilmente ser usados na cenografia da Uma Grande Família. Os artigos de papelaria também são bem fofos e dá vontade de fazer uma festa para a criança mais querida da família com as coisas que eles vendem, além de adquirir um guarda-chuva bem espalhafatoso, mesmo odiando ter que usar um.

A loja é de Amsterdam e tem revendedores em mais 26 países, Brasil inclusive. Por lá, são muito populares os Double Panniers, uma bolsa de carregar nas bicicletas, que serve como decoração (não deixe de assistir o vídeo); vi muitas meninas com uma dessas. Se tiver se interessado, tem loja online (em holandês) e o distribuidor, de São Paulo, é esse aqui.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

::UP:: 10 PASSOS PARA CONSUMIR MENOS E SER MAIS FELIZ COM O GUARDA-ROUPA



Esse vídeo que o Ser Sustentável com Estilo, da Chiara Gadaleta, fez com a Oficina de Estilo é maravilhoso! Elas resumem, em 6 minutos, o que eu penso sobre estilo x moda, qualidade x quantidade, e consumo. Para você não ter que ver e rever 100 vezes, eu listei as partes que eu considero mais importantes (e acabei tecendo alguns comentários sobre, porque eu não me contive). Mas pra falar a verdade, eu acho que vale a pena ver e rever sempre que você olhar pro guarda-roupa e achar que não tem nada, e então, se responder com honestidade: eu não tenho nada por que eu fiz as escolhas erradas no passado (e de fato, preciso de umas coisinhas novas) ou eu não tenho nada do que estão dizendo que eu tenho que ter?

Então, lá vai. 10 passos para comprar menos e se realizar mais com seu guarda-roupa:

1) o parâmetro de escolha tem que vir da gente e não do entorno; assim você olha para o seu guarda-roupa e, independente do que esteja "se usando" você tem certeza de que aquilo é VOCÊ, tem uso na sua vida, para os seus cmpromissos

2) um guarda-roupa bem montado EVITA compras desnecessárias, por impulso e o desperdício

3) pensa quando você faz uma mala para viajar, que você passa 20 dias se vestindo rápido e ficando todo dia bonitinha, com 20/25 peças que são AS MELHORES que você tem, as que você mais ama
[eu acredito que qualquer um poderia viver com a mala de verão mais a mala de inverno, porque a gente só escolhe aquilo que mais gosta e sabe que funciona para levar numa viagem. que tem muita gente que não consegue montar uma mala compacta (com poucas peças que funcionam) é outra história...]

4) guarda-roupa conciso funciona muito melhor que guarda-roupa cheio, só com peças e cores que combinam com nosso corpo e estilo de vida, FACILITA A VIDA

5) se você passa a maior parte do seu tempo no trabalho, não tem por que só comprar roupa baratinha para trabalhar e gastar tudo nas roupas de festa, às quais você vai duas vezes por ano. investimentoPOUCO INTELIGENTE
[construir uma imagem que comunique quem você é se faz no dia-a-dia. se você passa a maior parte da sua vida vestida em roupas baratinhas, as pessoas vão te enxergar assim, nem adianta tentar arrasar na festa.]

6) cada peça que você pensar em comprar tem que combinar com PELO MENOS três peças que você já tenha (e não conta jeans e calça preta...)
[se não combinar com três peças de roupa suas provavelmente não é sua cara. mesmo que for, vai ser o tipo de compra que ao invés de te deixar feliz, vai dar mais dor de cabeça. você vai ficar caçando outras peças para comprar e usar com ela. mau negócio.]

7) não comprar na hora, ir tomar um café e PENSAR é uma tática para não comprar por impulso

8) peças de qualidade valem mais que quantidade. sempre gaste tanto quanto puder em QUALIDADE. a peça de R$ 10 que só dá pra ser usada  2 vezes é muito mais cara que a de R$ 100 que você usa 100 vezes.
[moda também é matemática]

9) não existe clássico para todo mundo, cada pessoa tem os seus de acordo com gosto, estilo de vida, tipo de corpo, disponibilidade de tempo
[desconfie de listas de clássico de livros e revistas]

10) assim "o universo em vez de virar um exército de pseudo itgirls, vira um exército de gente linda" Fê Resende
 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

VERDE E LINDA



Eu não sou do time que acha que moda e sustentabilidade são contraditórios por definição, mas tenho que dizer que não conhecia exemplos que combinassem atitude verde e produtos desejáveis com bom preço, até então.
Talvez, por se tratar de uma cadeia de fast fashion internacional, a H&M não se encaixe num modelo perfeito de sustentabilidade (no sentido de que é difícil acreditar que se chegue a esse nível de preço se utilizando de mão-de-obra dignamente remunerada), mas há que se dizer que estão colocando uma coleção linda à venda, por preços praticáveis, utilizando material politicamente correto.
O que eu via até então era: ou produtos absolutamente sem graça, quase commodities (equilibrando o preço alto da matéria-prima com baixo custo de modelagem e/ou inovação); ou peças com aquela carinha hippie de boutique/natureba que invariavelmente eram, além de tudo, caras; ou peças legais e MUITO caras. Provavelmente porque é difícil mesmo fechar a equação, e de qualquer maneira, fast fashion e sustentabilidade não são termos que combinem entre si, na verdade.
Mas fica a inspiração. A simples comunicação da marca colocando em destaque a postura consciente de produzir roupas feitas de algodão e hemp orgânicos e lã reciclada (materiais utilizados nessa coleção em questão, Conscious Collection), explicando a origem e o benefício ambiental de cada matéria-prima em relação às fibras comuns, já é uma maneira de fazer o consumidor pensar sobre sua maneira de consumir. É um estímulo para a reflexão que pode, inclusive, ser estendida para outros comportamentos do nosso dia-a-dia.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

:: NA COZINHA :: PARA OS AMANTES DE ARTE E COZINHA



Quer deixar a hora do jantar, almoço ou café da manhã mais divertida? Conheça o “They Draw and Cook”, um site cheio de receitas ilustrativas. Os irmãos Nate e Salli tiveram a idéia em uma viagem de família, fizeram um blog e contaram com a ajuda de alguns amigos ilustradores, hoje são mais de 3.000 receitas publicadas.

Nate e Salli recebem receitas ilustradas de todas as partes do mundo, inclusive do Brasil. Todo mês eles escolhem a que mais gostaram e premiam o vencedor com $100,00. Se você quer conhecer todas as receitas ou participar com uma ilustração, visite o site e o Facebook deles!
 
 

Melhor happy hour de São Paulo

E essa semana começou o desafio de encontrar o melhor happy hour de São Paulo. 35 estabelecimentos foram desafiados a criar um combo Petisco + Bebida por R$ 21,00. Achei algumas opções elaboradas e “gourmet” demais para serem oferecidas em um happy hour, como do Bar., que oferece lichias recheadas de cream cheese e wasabi e salpicadas com gergelim. Mas outras são bem tradicionais, do jeito que a gente gosta. Caso do Z Carniceria, que montou um combo com coxinhas com catupiry acompanhadas de um drink de cachaça com carambola e alecrim.

Para saber o que os outros restaurantes e bares estão servindo, acesse: http://www.petiscabrasil.com.br/sampa/site/estabelecimentos

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O COMPRADOR PREGUIÇOSO




O animal humano é uma criatura maravilhosa, trabalhadora, com faculdades aperfeiçoadas que foram colocadas a serviço da remodelação do mundo. Mas quando se trata de compras, somos lesmas totais.

Comerciantes entenderam isso, ou estão começando a entender.

A Amazon fez a grande arte do consumismo sem atrito. Assim que tiver uma conta com seu endereço de entrega, e assim por diante, você pode navegar pelo site e comprar as coisas com um único clique. Você é cobrado em sua conta, o produto aparece em sua porta. É a magia do varejo.
 
A Apple entendeu, também. Fique zanzando em uma de suas lojas por tempo suficiente e alguém não somente irá perguntar se você precisa de ajuda, como também vai levá-lo ao objeto de seu desejo, passar o cartão no local, mandar um e-mail com o recibo e pronto. A caixa registradora literalmente veio até você.
 
Já houve maneira mais fácil de gastar 499 dólares?

E a distância entre a nossa conta corrente e um varejista está encolhendo ainda mais com o que é conhecido como "pagamento sem contato", um cartão ou pequeno dispositivo com um sensor que pode ser pressionado para transferir seu suado dinheirinho no caixa.

Um estudo realizado pela MasterCard Advisors mostrou que pessoas que começaram a usar o sistema MasterCard PayPass aumentaram seus gastos na conta relacionada em uma média de quase 30 por cento durante o primeiro ano.

Isso não significa que eles começaram uma farra de gastos. Essas pessoas podem não ter gastado mais, elas podem simplesmente ter usado menos seus outros cartões, ou não sacado tanto dinheiro. Algum novo fator  pode estar desempenhando um papel.

Mesmo assim, 30 por cento é um aumento grande. Pagamentos sem contato podem ser a onda do futuro ou não, mas eles funcionam. Eu acho que porque eles apelam para a nossa intensa preguiça.

Há muita conversa sobre o varejo ser uma indústria madura. Sobre toda a competitividade, a sobra de lojas na América.

Varejistas competem em tudo - sobre o produto,sobre o preço. Eles se enfrentam em campanhas de marketing cheias de anúncios impressos, de TV, mídia social e celebridades porta-vozes.

Tudo isso importa, mas o próximo vencedor do varejo poderá muito bem ser aquele que faz a vida mais fácil para os compradores.

Quem é que vai deixá-los ser mais preguiçoso?

A caixa registadora já quebrou seus laços e está à procura da loja ativamente à procura de clientes.

Qual é o próximo passo?
        

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

:: NA COZINHA :: PARA VIVER DE SORVETE

Para dar uma ensolarada nesse dia chuvoso, fiz uma seleção pra lá de gostosa: sorveterias!

É engraçado pensar que em São Paulo nunca tivemos muitas opções de lugares com bons sorvetes, mas isso já começou a mudar. Nos últimos dois anos, muitas sorveterias pipocaram pela cidade. Eu, que poderia viver de sorvete, já fui visitar algumas e outras estão na lista.







Se antes tudo era gourmet, agora começou a onda de comidas naturebas e artesanais. Aproveitando a fase os italianos Massimo Borrelli, Stefano Pugin e Valentino Raffaelli fundaram a gelateria Casa Elli, na Al. Tietê. Nada de bases industrializadas, espessantes e estabilizantes. É tudo natural mesmo. Na casa encontramos 16 sabores diários, como tiramisù, caramelo salgados e gianduia, esses todos à base de leite. À base de águas levam frutas orgânicas, como melão, manga e mamão. Eles também servem as tradicionais granitas, feitas apenas com fruta e água, são servidas em copos grandes como raspadinhas.

Serviço: Alameda Tietê, 163, Cerqueira César. Funcionamento domingo a quinta-feira das 12h à 0h; sexta e sábado das 12h à 1h. - https://www.facebook.com/Casa.ELLI

 

Também seguindo essa a linha artesanal, a Frida e Mina foi recentemente inaugurada em Pinheiros. Em um sobrado de esquina, a gelateria está sempre cheia, mesmo nos dias frios. Os sorvetes são todos artesanais, feitos em pequenos lotes e produzidos ali mesmo. As casquinhas crocantes e frescas também são preparadas na casa. São 12 sabores, e muitos bem inusitados, como o de cerveja preta com chocolate, de caramelo com flor de sal (uma combinação que faz muito sucesso), gengibre com mel e chá preto. Além dos clássicos, chocolate, flocos, etc.

Serviço: Rua Artur de Azevedo, 1147, Pinheiros. Funcionamento: segunda a sábado, das 12 às 20 horas. Fecha domingo. - https://www.facebook.com/FridaeMina

 

A Delicari, na Vila Nova Conceição, tem uma proposta diferente das outras sorveterias. Lá você mesmo abre a geladeira, escolhe um sabor e se serve em um charmoso potinho de 170ml, ou então em  pote maior de 1,5L para levar para casa. Além de sorvete, eles vendem iogurte, leite, extrato de baunilha, chocolate, e mais muitos produtos orgânicos. Todos os sabores são deliciosos e suaves. E o melhor: tem delivery! Mas a casa vale uma visita porque é uma graça!

Serviço: Rua Lourenço de Almeida, 819. Funcionamento: Segunda a Sexta das 10h às 19h. Sábado: 11h às 18h.  - https://www.facebook.com/Delicari

 

A Bacio de Latte imagino que dispensa apresentação. Ela é a mais famosa, abre uma filial em cada esquina e sempre é premiada por seus sorvetes. Todos extremamente cremosos, são feitos com leite integral fresco e creme de leite. É um sabor melhor que o outro: paçoca, menta, avelã, chocolate amargo (bem amargo mesmo), pistache, entre muitos outros. Além dos sorbets de maracujá e manga para os dias mais quentes. Nos finais de semanas são filas e mais filas que às vezes atravessam as portas! Se tiver a oportunidade vá durante a semana que é mais calmo.

Lojas

·         Rua Bela Cintra, 1829 – Segunda a sexta das 12h às 23h, Sábados das 11h às 23h, domingos e feriados das 11h às 22h.

·         Rua Osca Freire, 136 - Segunda a sexta das 12h às 23h, Sábados das 11h às 23h, domingos e feriados das 11h às 22h.

·         Av. Rouxinol, 576 - Segunda a sexta das 12h às 23h, Sábados das 11h às 23h, domingos e feriados das 11h às 22h.

·         Shopping Jk Iguatemi

Av. Juscelino Kubitschek, 2041 - Segunda a sexta das 11h às 23h, Sábados das 11h às 23h, domingos e feriados das 11h às 22h.

·         Shopping Morumbi

     Avenida Roque Petroni Junior - Segunda a sexta das 10h às 22h, Sábados das 10h às 22h, domingos e feriados das 10h às 22h.

·         Rua Harmonia 337 - Segunda a sexta das 11h às 23h, Sábados das 11h às 23h, domingos e feriados das 11h às 22h.

 




quarta-feira, 28 de agosto de 2013

:: COMO NÃO AMAR? :: LULA MAGAZINE

A Lula Magazine é a revista mais fofa que existe no mercado. Tem aquele projeto gráfico que é lindo de olhar e a primeira vez que vê você só consegue se perguntar como demorou tanto a conhecer (pelo menos foi essa minha reação). Ela se descreve como "o tipo de garota pela qual você teria uma queda ou se sentiria intimidada", de uma ironia e prepotência britânicas deliciosas, porque... eles têm razão.

Se fosse para descrever, sem imagens (que eu vou colocar; de outra maneira seria um desperdício), ela é vestidinho setentinha, meia estampada, olho cheio de rímel e fotografada por câmera analógica! Apartamento retrô, com papel de parede vintage, posters de filmes e polaróides, CDs espalhados que ela conhece de cór. Agora me diz se você não iria querer conhecer essa menina?
















quinta-feira, 22 de agosto de 2013

:: NA COZINHA :: DICAS, DICAS E MAIS DICAS

Cozinhar em casa é sempre uma delícia, mas, muitas vezes, pede um pouco de criatividade e inspiração. Para ajudar nesses quesitos, eu separei alguns sites, blogs e canais do YouTube que dão aquela mãozinha extra quando precisamos.
 
 
 
Começando com o Inn at the Crossroads. Só tem uma palavra que pode definir esse site: criatividade. As meninas criaram receitas inspiradas nas crônicas “A Song of Ice and Fire”, que ficou super famosa com a série de TV “Game of Thrones”. O blog deu tão certo, que em 2012 elas lançaram o livro intitulado “A Feast of Ice and Fire: The Official Game of Thrones Companion Cookbook”. As meninas mantêm também uma fanpage no Facebook: https://www.facebook.com/InnattheCrossroads. Veja as receitas e faça um banquete digno dos reinos.
 
Seguindo nessa linha geek, o Miolos Fritos ensina receitas com inspiradas em séries, filmes e jogos de videogame. Além de terem site e Facebook, o forte mesmo é o canal do YouTube, que traz uma receita nova toda terça-feira. E não se preocupe, são todas deliciosas e bem descomplicadas.
 
O Mixidão é um site cheio de dicas e novidades do mundo gastronômico. E para quem adora se aventurar na cozinha, eles publicam todas as receitas em detalhados passo a passo.  As ilustrações te ajudam a não se perder e ainda são tão bonitinhas que podem virar quadrinhos para enfeitar a cozinha. (http://juliapetit.com.br/wp-content/uploads/2013/02/brigadeiro.jpg)
 
Se você é um daqueles que adora descobrir receitas secretas e de restaurantes, o Ana Maria Brogui te conta tudo. Você pode aprender a fazer Onion Rings do Burger King, Pringles caseiras, Cebola do Outback e até Nutella! Corre lá.
 
E claro, não dá pra deixar de fora um especial para os vegetarianos! O Presunto Vegetariano traz receitas especiais para os que não comem carne, peixe ou frango ou para aqueles que simplesmente apreciam esse tipo de culinária. Tem esfiha vegana, almôndega de couve-flor e abobrinha, canja vegetariana, quibe de carne de soja e muito mais.
 
Têm mais muitos blogs, sites e canais por aí, se tiver uma dica, conta pra gente! Abaixo uma listinha para quem quiser conhecer mais:
 
http://www.youtube.com/user/nocedanielle


terça-feira, 20 de agosto de 2013

:: VALE A PENA :: LIFE IS EASY



Foi meu irmão quem comentou sobre esse vídeo no último final de semana. Ele é a palestra de Jon Jandai no TEDxDoi Suthep (província da Tailândia) sobre como a vida é simples e de como nós a complicamos. Assista o vídeo e descubra como isso é tanto verdade do outro lado do mundo como aqui, e como apesar de a própria mensagem ser simples, nós assistimos, concordamos e logo voltamos a checar o iPhone e a viver nossa vida de classe média que sofre como se não houvesse alternativa.

Eu confesso que tenho dificuldade em pensar minha vida longe da metrópole. Já vivi dois anos em uma cidade menor (apesar de ser também uma capital) e posso dizer que acredito no caos que é São Paulo. Funciona para mim e eu tento sempre pensar numa maneira de viver mais descomplicada e de aceitar os custos que esse amor me traz. Tem gente que não, acho que a maioria dos habitantes daqui reclama.

Parte porque gosta de reclamar e continuaria com essa atitude não importando quando nem onde. À outra parte talvez falte o tempo de que Jon fala, de ficar consigo mesmo e, em silêncio, descobrir afinal o que quer da vida. Não só de trabalhadores que trabalham 12 horas por dia e perdem mais 4 no trânsito se constitui essa parte, convenhamos. Entre os com falta de tempo estão também os que preferem pagar para ficar longe da própria companhia, aceitando qualquer tipo de entretenimento, por mais boçal que seja.  Não só da incrível capacidade de programação de Mark Zuckerberg se fez o Facebook.

Mas felizmente, as redes sociais também existem para compartilhar ideias e você nem estaria lendo isso ou assistindo ao vídeo se não existisse internet. Eu não sou contra a tecnologia (não mesmo) ou o capitalismo, eu só acho que todos deveriam usar as ferramentas com mais critério e não ser manipulado. Life is EASY, eu não diria melhor.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

:: NA COZINHA :: HOMENS

 
 
Se você ainda não viu o programa Larica Total, entre agora no site do Canal Brasil e assista a pelo menos um episódio. É viciante! O ator Paulo Tiefenthaler é quem dá vida ao personagem Paulo de Oliveira. Não podiam ter escolhido pessoa melhor. O programa é todo gravado dentro de seu próprio apartamento e mistura improviso, ficção e comida da vida real.
 
O diretor Caito Mainier chama de “culinária de guerrilha”, aquela comida que você faz no meio da noite, chegando da balada com o minímo de ingredientes. Apesar de todo o humor, peça chave do Larica Total, o programa é realmente de culinária. Mostra que cozinhar não é um bicho de sete cabeças e que errar faz parte.
 
No site do Canal Brasil, você encontra todos os programas exibidos até hoje. Todos tem em média duração de 30 minutos. Vale muito a pena perder, ou ganhar, um tempinho assistindo: http://canalbrasil.globo.com/programas/larica-total/videos/index.html
 
Esses dias descobri que mais homens têm se aventurado na cozinha. Caso do PC Siqueira e do Otávio Albuquerque. Eles apresentam o “Rolê Gourmet”, gravado na casa do Siqueira e exibido no YouTube. Segundo Otávio, não existem muito programas práticos de culinária na TV ou internet, o que se vê são chefs ou profissionais apresentando as receitas em suas cozinhas bem equipadas. Ficou curioso? http://www.youtube.com/user/oRoleGourmet
 
 
Dia dos Pais
E aproveitando, domingo é Dia dos Pais. Para aqueles que ainda não vão se aventurar na cozinha, a Folha fez um guia bacana dos restaurantes que vão servir menu especial para celebar o dia. http://guia.folha.uol.com.br/restaurantes/2013/08/1320314-dia-dos-pais-confira-14-restaurantes-com-menus-especiais-e-garanta-a-reserva.shtml
 
Garanta sua reserva e fuja dos problemas das datas comemorativas!
 
 
 

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

PELE RABISCADA

Eu não lembro de não ter gostado de tatuagem. Comecei minha própria coleção já há quase 13 anos e não tenho planos de parar. Tatuo em mim pequenos lembretes, belezinhas, marcas. Minha mãe tem horror, diz que não entende alguém escolher se riscar, como se fosse um boi, ter uma marca definitiva. Mesmo assim, foi ela que me acompanhou na primeira sessão, um presente de aniversário que eu escolhi.

No meio tempo entre uma e outra, vou colecionando inspirações e guardando. Tatuagem, como tudo que envolve estética, tem modismos, e hoje eu me pego gostando de traços finos, formas geométricas, mas sempre em PB, como sempre foi. Algumas das que me chamaram a atenção esse ano são essas...