terça-feira, 10 de julho de 2012

TAYLOR TOMASI HILL FALA SOBRE SPFW



O site Fashionista aproveitou a Brazil Week do site Moda  Operandi para publicar a entrevista que fizeram com a diretora artística, Taylor Tomasi Hill, sobre o nosso SPFW. Para quem não está a par, o Moda Operandi funciona da seguinte maneira: uma equipe liderada pela ex-editora de acessórios da Marie Claire norte-americana vai até a cidade onde estão acontecendo as semanas de moda, e lá fotografam os looks que estão sendo desfilados naquela temporada. O e-commerce lança, então, um mostruário virtual que fica disponível de 3 a 7 dias. O comprador faz sua encomenda através de um depósito de 50%, e quando a peça fica pronta o estilista a envia ao MO. O consumidor final a recebe completando o pagamento.

Ela esteve aqui na última edição da SPFW e agora é possível fazer as encomendas das marcas brasileiras selecionadas por ela. Leia a entrevista traduzida para saber o que ela achou.



Pela terceira temporada consecutiva, o Fashionista cobriu a São Paulo Fashion Week. Fora as quatro principais semanas de moda, São Paulo está provando ser uma importante a ser seguida, em nossa opinião. A indústria da moda tem investido intensamente nos mercados emergentes dos países do BRIC, e enquanto a China tem sido o foco de tais esforços, o Brasil não pode ser descontado.

A expansão econômica do país, sua indústria têxtil e profundidade de talento (além da oferta infinita de modelos lindas) fazem uma parada em São Paulo cada vez mais importante no circuito da moda. A Moda Operandi pensa assim também. O site de vendas enviou a diretora artística Taylor Tomasi Hill para explorar o talento para eles. E algumas de suas escolhas acabam de ir para o ar, em venda especial já disponível!

Aqui está o que ela tem a dizer sobre o seu tempo em São Paulo, como é diferente do resto das grandes semanas de moda, e sobre os designers que ela pegou para Moda Operandi enquanto estava lá. 



Fashionista: Por que você decidiu ir para São Paulo nesta temporada?
Seguidores de moda e insiders estão sempre procurando algo novo, é o que mantém isso interessante. Vimos um monte de talentos em São Paulo e fiquei emocionada ao ser capaz de me conectar com designers brilhantes, editores de moda e blogueiros de lá.

Quais foram as principais diferenças que você notou entre a São Paulo Fashion Week e as principais semanas de moda de Nova York e Europa?
Cada semana de moda é muito diferente das outras e é influenciada pelo povo e cultura da cidade que as hospedam. O clima no Brasil é expressivo, o que está definitivamente refletido nas coleções que estamos apresentando esta semana no Moda Operandi, para a Brazil Week.



O que te surpreendeu mais sobre São Paulo?
Eu estava esperando ver principalmente moda praia e fiquei animada após meus primeiros encontros onde encontrei algumas boas coleções coesas. Algumas pequenas, mas poderosas, ao mesmo tempo. Cada marca que selecionamos tem uma identidade forte e clara.

Quem é que você acabou pegando para vender no Moda?
Estou confiante nas marcas incríveis que separamos para apresentar no Moda Operandi esta semana, um pouco de algo para todos. A venda especial do Brazil Week inclui ready-to-wear da Patricia Viera, Colcci, J. Chermann, Cris Barros, Paula Raia, Isolda, Pedro Lourenço, Barbara Bela e Iódice, jóias de Silvia Furmanovich, Carla Amorim, Ara Vartanian e Linha Ara Varatanian; Moda praia por Adriana Degreas e Água de Côco.



O que você fez enquanto não estavam em shows?
Quando vou às diferentes semanas de moda, eu me pego mais em showrooms do que sentada em salas de desfile. Shows são certamente importantes para capturar o sentimento ou a mulher que o designer está querendo atingir, mas quando pressionada pelo tempo, quanto mais eu posso ver, melhor. Quando se trata de edição, sou rápida e, geralmente, não questiono a minha decisão. Fotografamos 15 coleções em dois dias, que é um recorde para nós.

Os brasileiros já tinham ouvido falar do Moda? É popular por lá?
Sim, o Moda Operandi é muito popular no mercado brasileiro. De fato, o site tem uma versão disponível em português por essa razão. A resposta que recebemos do Brasil foi mais do que de boas-vindas e é realmente emocionante para nós ser capaz de dar a esses talentosos designers do Brasil uma maior exposição a nível internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário